Atividade econômica pernambucana engata quinta alta seguida em prévia do PIB

Atividade econômica pernambucana engata quinta alta seguida em prévia do PIB

Com mais de 160 pontos em maio e variação de 2,1% com relação a abril/23, o Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) com ajuste sazonal referente a Pernambuco emendou a 5º alta em 2023 e atingiu o maior patamar da série desde 2003. O resultado de maio/23 foi ainda quase 3% acima do obtido em maio/22 e 0,8% maior na comparação do acumulado do ano de 2023 e 2022.

Já o IBC Brasil teve uma queda de abril para maio, caindo do número-índice 148,6 para 145,6, um decréscimo de 2,0%, contudo cresceu 2,1% na comparação de maio/23 com maio/22. A Região Nordeste como um todo também teve um desempenho negativo na variação mensal de abril para maio, caindo 3,4%, enquanto na relação dos meses de maio teve um acréscimo de 1,9%.

.

Apesar da variação negativa de abril/23 para maio/23 (-4,7%), o estado da Bahia vinha de quatro altas seguidas no IBCR em 2023. O índice baiano registrou ainda alta de 1,9% ao se analisar maio/23 com maio/22. O Ceará vive um momento similar ao de Pernambuco, conquistando a 5º alta no ano e sexta seguida, 0,5% de abril para maio, saindo do índice 153,0 para 153,8, e alta de 0,9% de maio/22 para maio/23.

Construído pelo Banco Central, o Índice de Atividade Econômica (IBC) estabelece uma aproximação representativa dos volumes da produção da agropecuária, da indústria e do setor de serviços, além do índice de volume dos impostos sobre a produção e outros, sendo por isso considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB).

Related posts

Observatório da Indústria do SENAI de Pernambuco realizará pesquisa nacional sobre o mercado de baterias

Observatório da Indústria do SENAI de Pernambuco realizará pesquisa nacional sobre o mercado de baterias O Observatório da Indústria do SENAI de Pernambuco fará, no primeiro semestre de 2024, uma pesquisa nacional sobre o mercado de baterias. O objetivo...

Read More