Atividade econômica pernambucana engata quinta alta seguida em prévia do PIB

Atividade econômica pernambucana engata quinta alta seguida em prévia do PIB

Com mais de 160 pontos em maio e variação de 2,1% com relação a abril/23, o Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) com ajuste sazonal referente a Pernambuco emendou a 5º alta em 2023 e atingiu o maior patamar da série desde 2003. O resultado de maio/23 foi ainda quase 3% acima do obtido em maio/22 e 0,8% maior na comparação do acumulado do ano de 2023 e 2022.

Já o IBC Brasil teve uma queda de abril para maio, caindo do número-índice 148,6 para 145,6, um decréscimo de 2,0%, contudo cresceu 2,1% na comparação de maio/23 com maio/22. A Região Nordeste como um todo também teve um desempenho negativo na variação mensal de abril para maio, caindo 3,4%, enquanto na relação dos meses de maio teve um acréscimo de 1,9%.

.

Apesar da variação negativa de abril/23 para maio/23 (-4,7%), o estado da Bahia vinha de quatro altas seguidas no IBCR em 2023. O índice baiano registrou ainda alta de 1,9% ao se analisar maio/23 com maio/22. O Ceará vive um momento similar ao de Pernambuco, conquistando a 5º alta no ano e sexta seguida, 0,5% de abril para maio, saindo do índice 153,0 para 153,8, e alta de 0,9% de maio/22 para maio/23.

Construído pelo Banco Central, o Índice de Atividade Econômica (IBC) estabelece uma aproximação representativa dos volumes da produção da agropecuária, da indústria e do setor de serviços, além do índice de volume dos impostos sobre a produção e outros, sendo por isso considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB).

Related posts

Observatório da Indústria recebe visita da governadora de Pernambuco Raquel Lyra

Observatório da Indústria recebe visita da governadora de Pernambuco Raquel Lyra Nesta quinta-feira (13), o Observatório da Indústria do SENAI-PE recebeu Raquel Lyra e Priscilla Krause, a Governadora e a Vice-Governadora do Estado. A governadora foi recepcionada por, Camila...

Read More