Boletim do Banco Central aponta queda de 0,9% na atividade econômica de Pernambuco

Boletim do Banco Central aponta queda de 0,9% na atividade econômica de Pernambuco

 

O Banco Central (BC) publicou recentemente o Boletim Regional que apresenta as condições da economia para alguns estados e regiões do Brasil.

De acordo com o Boletim, Pernambuco apresentou uma queda na atividade econômica de 0,9% no último trimestre de 2021, ficando abaixo das expectativas. Apesar da queda na atividade econômica no último trimestre, o setor industrial pernambucano cresceu 0,8% no mesmo período, segundo os dados dessazonalizados da PIM-PF do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O setor industrial foi puxado pela recuperação da produção de refino de petróleo, após períodos de paradas para manutenção, e do setor alimentício, influenciado principalmente pela atividade sucroalcooleira. Destaca-se ainda a recuperação das exportações dos principais produtos da pauta estadual, entre eles, os derivados de petróleo, automóveis, e resinas Politereftalato de etileno – PET, que superaram os níveis de 2019.

Dados sobre o mercado de trabalho estadual apresentam informações que dificultam sua interpretação. Como por exemplo, a taxa de desocupação que no terceiro trimestre alcançou 18,9%, recuando do nível recorde alcançado no segundo trimestre, quando chegou a bater 21,7%. Demais indicadores, como emprego com vínculo formal apresentaram níveis abaixo do período anterior a pandemia, onde o rendimento médio do trabalho também recuou 12,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Por outro lado, segundo o Novo Caged, Pernambuco apresentou uma criação liquida de 90 mil vagas de emprego formal em 2021. Os setores que apresentaram destaque na geração de vagas foram: comércio, serviços técnicos e administrativos e alojamento e alimentação, porém a indústria mostrou relativa estabilidade.

O Boletim do Banco Central aponta uma elevação dos preços livres com ênfase no vestuário e automóvel novo, apresentando uma variação no último trimestre de 2021 do IPCA frente ao trimestre anterior. Ainda segundo o Banco Central, em janeiro de 2022, a inflação da RMR foi a segunda menor entre as regiões metropolitanas pesquisadas e, no acumulado de doze meses, ficou abaixo da média nacional.

Por fim o Boletim aponta que a atividade econômica do estado no quarto trimestre ficou abaixo das expectativas, contrapondo-se aos crescimentos assinalados nos trimestres anteriores de 2021.

Related posts

IPCA: índice de inflação nacional atinge maior alta para o mês abril desde 1996

IPCA: índice de inflação nacional atinge maior alta para o mês abril desde 1996 O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aumentou 1,06% em abril, segundo publicação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quarta-feira...

Read More

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco O mundo tem assistido com preocupação aos desdobramentos da nova onda de Covid-19 na China. Afinal não é para menos: trata-se da segunda...

Read More