Economia brasileira: IPCA-15 avança e inflação bate maior taxa desde abril de 1995

 

Mais uma vez os combustíveis: IPCA-15 avança e inflação bate maior taxa desde abril de 1995

Divulgada na terça (27/04) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de variação mensal do IPCA-15 alcançou a marca de 1,73% em abril. O resultado bateu os meses de abril dos últimos 17 anos, desde que foi observado um índice de 1,95% em abril de 1995. Assim, o acumulado do ano chegou a 4,31%. O IPCA-15 é considerado uma prévia do IPCA e da inflação oficial do Brasil.

A alta de abril foi puxada mais uma vez pelo grupo dos transportes, que fechou o mês em 3,43% de aumento. Alta essa determinada pelos combustíveis, especialmente pela gasolina, que subiu 7,51% e foi responsável por 0,48 ponto percentual. O diesel, o etanol e o gás veicular tiveram aumentos respectivos de 13,11%, 6,6% e 2,28%. No acumulado de 12 meses, o IPCA-15 detém a marca de 12,03%, superando o último registro de março, que estava em 10,79%. Nos últimos 12 meses, os combustíveis acumulam uma taxa de crescimento na casa dos 31%, com o óleo diesel em 52,5% e o gás veicular 46,3%.

O grupo de alimentos foi a segunda maior taxa anotada com 2,25%. Os destaques foram para a contínua subida do tomate, da cenoura e do feijão carioca, cujas altas foram de 13,45%, 12,01% e 11,51%, respectivamente. No acumulado dos últimos 12 meses, o tomate atingiu 117,48%, enquanto a cenoura 195% de aumento.

Related posts

Observatório da Indústria recebe visita da governadora de Pernambuco Raquel Lyra

Observatório da Indústria recebe visita da governadora de Pernambuco Raquel Lyra Nesta quinta-feira (13), o Observatório da Indústria do SENAI-PE recebeu Raquel Lyra e Priscilla Krause, a Governadora e a Vice-Governadora do Estado. A governadora foi recepcionada por, Camila...

Read More