Empregabilidade dos cursos Técnicos do Senai chega a 80,5% no triênio encerrado em 2021

Empregabilidade dos cursos Técnicos do Senai chega a 80,5% no triênio encerrado em 2021

 

O SENAI sabe das exigências de qualidade e de produtividade que as indústrias têm requerido, exigindo cada vez mais profissionais que possam responder às necessidades conjunturais do mercado e às estratégias de competitividade das empresas. Com o objetivo de mapear as principais qualificações profissionais que atendam as exigências da qualidade e da produtividade do mundo do trabalho, em 1999 o Departamento Nacional do SENAI (DN) integrou diversas estruturas de avaliações existentes e organizou o Programa de Acompanhamento de Egressos, em parceria com os Departamentos Regionais, que é uma atividade legitimada e reconhecida como forma de estabelecer sintonia entre a empregabilidade e sua relação com a área de formação.

Metodologicamente a pesquisa de Egressos consiste no acompanhamento em três momentos: primeiro, como concluinte (atualização do cadastro no momento da saída do SENAI e contexto socioeconômico); segundo, um ano após a conclusão (com foco na empregabilidade); e terceiro, avaliação na empresa absorvedora do egresso que está ocupado na área de atuação do curso realizado. Com questionamentos que buscam compreender o perfil socioeconômico do egresso, e a realidade do mercado de trabalho. O constante diálogo entre a instituição de ensino e as principais demandas da indústria são essenciais para manter atualizadas as adequações necessárias diante das constantes transformações, assegurando um atendimento direcionado ao mundo laboral.

Desde seu início, já foram realizadas mais de 1 milhão e 600 mil pesquisas em sua fase inicial a nível nacional. Os dados mais recentes estão no relatório triênio 2019 – 2021 e apontam que 80,5% dos egressos dos Cursos Técnicos do SENAI – Pernambuco estão ocupados no mercado de trabalho, e destes, 31,2% obtiveram incremento da renda após a realização do curso. Das empresas pesquisadas, 92,5% afirmaram dar preferência aos egressos dos cursos técnicos do SENAI no momento de uma nova contratação.

Estes números revelam o esforço do SENAI em fazer uma educação profissional comprometida e dedicada com a necessidade da indústria.

Related posts

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco O mundo tem assistido com preocupação aos desdobramentos da nova onda de Covid-19 na China. Afinal não é para menos: trata-se da segunda...

Read More