IPCA Brasil: Inflação tem alta de 0,67 pontos em junho puxada por Alimentação e Bebidas

IPCA Brasil: Inflação tem alta de 0,67 pontos em junho puxada por Alimentação e Bebidas

Termômetro da situação da moeda brasileira, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apontou para uma alta de 0,67% na variação mensal de junho/22. O resultado foi acima do 0,47% obtido em maio, mas abaixo do projetado pelo mercado, que apostava em 0,71%. Na variação acumulada no ano, tem-se 5,49% na variação, e quase 12% no acumulado dos últimos 12 meses.

Dos noves grupos que compõem o índice geral, os de Alimentação e Bebidas, Saúde e Cuidados e Transportes foram os maiores responsáveis pelo aumento do valor final. Alimentação e Bebidas teve apenas 0,8% de variação conforme indica o gráfico 1, mas por ter maior peso entre todos (21,3%), o grupo contribuiu com mais força para o total de junho. As três maiores altas nesse grupo foram a do morango (13,3%), o leite longa vida (10,72%) e o feijão carioca (9,74%). Já Saúde e Cuidados, que tem peso de 12,4% na formação final do IPCA, teve 1,24% de variação, puxado por artigos de maquiagem (3,79%) e aumentos nos planos de saúde (2,99%), reajustados recentemente com autorização da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

.

 Já Transportes teve alta de 0,57%, mais uma vez com destaque para o aumento no preço das passagens aéreas, cujo reajuste foi de 11,32%. Outros dois subitens estão ligados a veículo próprio e combustíveis: o seguro voluntário de veículo, com alta de 4,16%; e o óleo diesel, 3,82%. O Grupo de Vestuário teve a maior alta absoluta, com 1,67%, puxado pelo aumento de 3,9% no preço dos agasalhos.  

.

IPCA Nordeste

Para a região do Recife e Pernambuco a inflação foi ainda 1,7 vezes acima da média brasileira: 1,13%, puxado pelo grupo dos Transportes (2,14%), Alimentação e Bebidas (1,08%) e Saúde e cuidados Pessoais (1,37%). No Grupo dos Transportes, o seguro voluntário de veículo foi o maior vilão com quase 14% de alta, seguido de aumento de 5,78% em passagem aérea, e 3,18% na gasolina.

Já Alimentação e Bebidas teve crescimentos acima dos dois dígitos com alface, cheiro verde, hortaliças e verduras, e batata-doce, respectivamente 19,21%, 15,21%, 13,67% e 13,15%. Assim como no IPCA nacional, no Recife o grupo de Saúde e cuidados Pessoais teve artigos de maquiagem com maior crescimento, 3,62%. Consultas oftalmológicas e plano de saúde obtiveram 3,07% e 3,06% de alta.

Salvador teve a maior inflação registrada entre as áreas mapeadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com 1,24%. Recife foi a capital com o segundo maior aumento. No Ceará a variação anotada foi de 0,61%, abaixo do índice geral brasileiro. Belém (PA) deteve a menor marca entre todos, 0,26% de acréscimo para o mês de junho.

.

     

Related posts

Relatório do Banco Mundial projeta crescimento de 1,7% para o PIB do Brasil em 2024

Relatório do Banco Mundial projeta crescimento de 1,7% para o PIB do Brasil em 2024 Em seu relatório semestral para a América Latina e Caribe, “Concorrência: o ingrediente que falta para crescer?”, que descreve o panorama atual da economia...

Read More