Observatório da Indústria apresenta tendências e oportunidades de mercado ao setor de panificação

Observatório da Indústria apresenta tendências e oportunidades de mercado ao setor de panificação

Com o intuito de fortalecer a indústria pernambucana da panificação e confeitaria, o Observatório da Indústria do SENAI-PE recebeu empresários e lideranças do setor para apresentar um estudo de tendências elaborado pela equipe de Pesquisa e Prospectiva do observatório. O evento aconteceu na quinta-feira (11/05), na sede do observatório com apoio do Observatório Nacional e contou ainda com a participação ativa in loco do empresariado, que em um segundo momento debateu políticas, modelos de parcerias e indicou cursos técnicos de qualificação da mão de obra que podem ajudar no desenvolvimento do segmento.

 Coube à gerente do observatório pernambucano, Ana Paula Vasconcelos, comandar a apresentação que contou com o apoio do especialista de Pesquisa e Prospectiva, Glayberthon Gonçalo (SENAI-PE), e dos Especialistas em Desenvolvimento Industrial do Observatório Nacional da Indústria, Marcelo Pio e Juliano Antônio Sebben. “O observatório tem esse intuito de produzir conhecimento aplicado e inteligência, sempre com base em metodologias reconhecidas, e construir estudos avançados para impactar positivamente as indústrias no direcionamento de decisões estratégicas. É isso o que representa este estudo de tendência para a panificação”, elucidou Ana Paula. 

.

Para esse projeto, o observatório realizou em uma das etapas uma pesquisa primária montada e validada em parceria com o próprio setor de panificação, conforme explicou Glayberthon Gonçalo. “Tomar decisões em um mundo em constante mudanças não é algo simples. É fundamental conhecer bem o segmento, e a pesquisa tem essa função de captar nuances que estão ali, às vezes despercebidas. Para cada informação, queríamos tirar o máximo de conhecimento. Na parte de produtos e vendas, por exemplo, procuramos entender os principais fabricantes de produtos próprios”, detalhou o especialista do observatório do SENAI-PE. 

.

O próximo passo do estudo é reunir todo conhecimento que foi produzido em um documento, que será distribuído para o setor com todos os resultados obtidos, as tendências e oportunidades para a panificação e confeitaria. O SENAI deve ainda oferecer a qualificação da mão de obra demandada pelo segmento, e Instituto SENAI de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação (ISI-TICs), que atua na realização de pesquisa aplicada e desenvolvimento de projetos de inovação, pode ser parceiro na formatação de soluções tecnológicas.

.

Related posts

Indicadores industriais em Pernambuco: utilização de capacidade instalada e confiança empresarial em alta

Indicadores industriais em Pernambuco: utilização de capacidade instalada e confiança empresarial em alta A utilização de capacidade instalada da indústria Pernambucana subiu 8 pontos percentuais e agora está em 67%, muito próxima média brasileira de 70% no mês de...

Read More