Quociente Locacional no Polo de Confecções do estado de Pernambuco

Quociente Locacional no Polo de Confecções do estado de Pernambuco

Entre os estudiosos da economia regional, existe um indicador chamado Quociente Locacional (QL) que tem como objetivo apontar os municípios que são especializados em algum tipo de produção. Em seu último estudo, o Observatório utilizou o QL para analisar como estava a distribuição espacial do emprego formal no setor de Confecções no período pré-pandemia.

Foram utilizados dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) organizados pelo Ministério da Economia em 2019, ou seja, foram levantados os trabalhadores que estavam com um emprego formal em dezembro de 2019 e feita uma comparação com o ano de 2016 para constatar os aumentos e diminuições deste indicador no período. Esta escolha permitiu que o Observatório pudesse entender o comportamento do setor antes dos possíveis efeitos da Pandemia.

Intuitivamente, quando um município possui um QL maior que 1, trata-se de um indicativo que este é mais especializado naquele tipo de emprego do que a média estadual. Na Figura 1 são apresentados os municípios com maior ‘especialização relativa’ no setor de Confecções no estado de Pernambuco.

 

Figura 1 – Cálculo do Quociente Locacional do setor de Confecções do Vestuário de Pernambuco

                                                            Fonte: RAIS 2019

É interessante perceber que o QL mais alto não quer dizer que o município tem o maior número de empregados no setor. Por exemplo, o maior QL do estado, Taquaritinga do Norte, não é aquele que possui o maior número de trabalhadores em Confecções, mas sim o município onde a economia é mais especializada nesse segmento. Se tomarmos Caruaru, município com o maior número de trabalhadores em Confecções, este é menos especializado que Taquaritinga do Norte, isto porque lá também observamos outros setores importantes, como um polo de Saúde e várias Instituições de Ensino Superior que recebem alunos de toda a região, além de outros setores típicos de um município com liderança regional da economia.

Na figura 2 é apresentado o cartograma dos QLs para o ano de 2019 com dados dos 14 maiores QLs de Pernambuco para o setor de Confecções. É possível ver nitidamente a distribuição espacial e quais municípios fazem parte do Polo de Confecções do Agreste de Pernambuco, além de notar como esta atividade se espalha também para os municípios vizinhos. Destacam-se também informações a respeito dos municípios que estão crescendo ou diminuindo esta especialização na comparação com o ano de 2016.

 

Figura 2 – Municípios com os maiores Quocientes Locacionais em Confecções de Pernambuco

                                        Fonte: RAIS 2019

Esta informação é complementar às ações do Observatório do SENAI-PE na elaboração da Rota Tecnológica do setor de Confecções do Vestuário, pois permite entender a dinâmica espacial dos empregos no setor e determinar quais os municípios seriam prioritários para ações relacionadas à cadeia produtiva.

Related posts

IPCA: índice de inflação nacional atinge maior alta para o mês abril desde 1996

IPCA: índice de inflação nacional atinge maior alta para o mês abril desde 1996 O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aumentou 1,06% em abril, segundo publicação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quarta-feira...

Read More

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco

China travada: os possíveis impactos de curto e médio prazo na economia brasileira e de Pernambuco O mundo tem assistido com preocupação aos desdobramentos da nova onda de Covid-19 na China. Afinal não é para menos: trata-se da segunda...

Read More