Senai-PE abraça causa da ONU e sugere Mapa do Trabalho para direcionar oportunidades a imigrantes na RMR

Senai-PE abraça causa da ONU e sugere Mapa do Trabalho para direcionar oportunidades a imigrantes na RMR

Equipe do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Pernambuco (Senai-PE)  – do Observatório da Indústria, da Diretoria da Educação, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e do Centro Internacional de Negócio (CIN) – recebeu o coordenador de projetos da Organização Internacional para as Migrações (OIM), agência da Organização das Nações Unidas (ONU). O encontro aconteceu na quinta-feira (15/09), no 4º andar do edifício da Diretoria Regional do Senai-PE.

Em pauta, a formação de uma futura parceria para utilização da expertise Senai na inserção de imigrantes venezuelanos no acesso ao mercado de trabalho brasileiro, o Projeto Oportunidades para Recomeçar. A sugestão inicial do Observatório da Indústria é de, a partir de um censo de 600 venezuelanos atualmente na Região Metropolitana do Recife (RMR), utilizar o Mapa do Trabalho da Indústria para direcionar as oportunidades de vagas na indústria local. Assim seriam otimizados os treinamentos de qualificação necessárias no Senai-PE, sem gerar impactos na oferta para a mão de obra local.

A OIM tem 174 estados-membros, 8 estados observadores e escritórios em mais de 100 países, sempre atuando com foco na promoção de uma migração segura, ordenada e digna para o benefício de todos. Sua sede é em Brasília, mas tem presença em 12 municípios pelo Brasil: Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Chapecó, Curitiba, Florianópolis, Manaus, Pacaraima, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

Related posts

Mercado de trabalho: setor de Automação e Mecatrônica absorve quase 100% de técnicos formados em Pernambuco

Mercado de trabalho: setor de Automação e Mecatrônica absorve quase 100% de técnicos formados em Pernambuco   Pesquisa realizada pelo Observatório da Indústria do SENAI-PE apontou para a absorção de 96,4% dos concluintes oriundos dos cursos de Automação e...

Read More