Taxa Selic recua mais 0,5 ponto em decisão unânime do Copom e setor industrial ganha mais confiança

Taxa Selic recua mais 0,5 ponto em decisão unânime do Copom e setor industrial ganha mais confiança

Em decisão anunciada na quarta-feira (20/09) e de forma unânime, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve o ciclo de redução da taxa básica de juros (Selic), que caiu de 13,25% para 12,75% ao ano. Esse foi o segundo corte em sequência e a expectativa é que novos decréscimos sejam realizados, chegando até o fim de ano em 11,75% e resultando em mais investimentos para alavancar a economia brasileira.

Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a retirada de 0,50 ponto percentual foi uma decisão equilibrada e deve contribuir principalmente para expansão do mercado de crédito, sem comprometer no equilíbrio da inflação e diminuindo pressões negativas sobre a atividade econômica de forma geral. De fato, o recuo da Selic tende a facilitar a tomada de empréstimos e financiamentos para a indústria, que poderá captar recursos a taxas mais baixas, estimulando o investimento e o desenvolvimento de projetos de expansão.

Além disso, a redução dos custos de financiamento abre espaço para a aceleração de projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D), estimulando o crescimento da indústria brasileira em setores de alta tecnologia e valor agregado. Ao priorizar investimentos em P&D, a indústria poderá aumentar sua competitividade global e posicionar-se com destaque em cenários econômicos dinâmicos.

.

Related posts

Indicadores industriais em Pernambuco: utilização de capacidade instalada e confiança empresarial em alta

Indicadores industriais em Pernambuco: utilização de capacidade instalada e confiança empresarial em alta A utilização de capacidade instalada da indústria Pernambucana subiu 8 pontos percentuais e agora está em 67%, muito próxima média brasileira de 70% no mês de...

Read More